Confira, em seguida, os oito elementos essenciais que o pescador esportivo precisa ter sempre consigo, e sem os quais seu dia de esporte ao ar livre não terá sucesso.

  • Vara. Seu comprimento, peso e material vão variar de acordo com o tipo de pesca que você vai fazer: se é de rio ou mar, o peso médio do peixe que você quer apanhar, etc.
  • Linha. Tal como a vara, a linha a utilizar vai depender do tipo de peixe e pesca que você está planejando. Pesca de mar precisará uma linha mais grossa. Na atualidade, a linha de pesca é quase sempre feita em nylon.
  • Molinete. Tal como os anteriores, para pesca de mar ou para conseguir animais mais pesados, deverá utilizar um molinete de maior peso.
  • Isca. Já vão longe os tempos em que era obrigatório usar uma isca natural que podia desaparecer ou se danificar depois de longas horas na água. Hoje em dia, seu peixe pode ser atraído por iscas artificiais; algumas simulam uma presa fugindo, outras fazem um pequeno zumbido que atrai sua presa.
  • Anzol. O peixe, atraído pela isca, morde seu anzol e já não consegue se libertar – a menos que seja bem rebelde e esse acabe se soltando! O anzol é outro elemento que vai variar dependendo, principalmente, do tamanho do peixe que você quer pegar.
  • Chumbo. Esse elemento faz o peso necessário para levar sua isca e seu anzol para bem longe, no momento em que você lança a vara com toda a força para dentro de água.
  • Boia. Antes precisou de peso para ir longe, agora precisa de combater esse peso para evitar que seu anzol e sua isca vão demasiado ao fundo. É para isso que serve a boia.
  • Equipamento geral, extra pesca. Vai precisar um bom chapéu esportivo, roupas adequadas com proteção para o sol, protetor solar e uma caixa térmica para conservar seu pescado, além de água e mantimentos para seu dia no exterior.