Chuy: juntar pesca esportiva e visita ao cassino

Para os pescadores esportivos que também gostam de arriscar umas fichas na roleta ou umas moedas nas máquinas de caça-níquel, a melhor alternativa de férias é uma região onde possam conciliar estas duas opções. A não ser que fiquem satisfeitos com o Ruby Fortune ou uma plataforma de cassino online parecida. Porém, para pescar e aproveitar para ir em um cassino físico, uma dessas regiões é a Barra do Chuy, próximo à fronteira entre o Brasil e o Uruguai – quando o Chui vira Chuy, pois é a mesma cidade e região. Os cassinos de Punta del Este se encontram a cerca de 200 km.

Barra do Chuy

A cerca de 13 km do centro de Chuy, você encontra a Barra, com boas condições para a pesca de beira de praia e onde é possível pescar pampos, um peixe que resiste bastante na hora de soltar. Alguns pescadores aproveitam a viagem para experimentar também a Punta del Diablo, a cerca de 40 km a sul.

Punta del Este

O grande resort turístico internacional do Uruguai é ponto de encontro de argentinos e muitos brasileiros; é quase certo que não deixará de ouvir português durante sua viagem. Além dos cassinos, a cidade vale a pena por seus imensos e variados restaurantes, onde pode encontrar as mais diversas opções gastronômicas. Lembre-se de escolher um bom smartphone para que a utilização do GPS ou do Google Maps seja bem fácil, e não se esqueça de treinar seu domínio da língua castelhana, pois isso também faz parte do jogo.

De volta a Chuy/Chui

No papel são duas cidades pertencendo a dois países diferentes, com duas formas de escrever diferentes; mas se você for no terreno verá que Chuy/Chui é uma cidade só. Você cruza uma avenida e quase nem percebe que entrou em outro país.

Em ambos os lados da fronteira você terá facilidade em encontrar lojas com material de pesca.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *