Carrefour aposta na sustentabilidade de sua pesca

A ONG Seafood Watch vai monitorar o pescado brasileiro e seus riscos, contratada pela rede Carrefour. De acordo com a Folha de S. Paulo, a Seafood Watch vai conferir a utilização de meios de pesca não sustentáveis, o uso de produtos perigosos em aquicultura, e até as relações sociais de trabalho e as condições dos trabalhadores da indústria da pesca.

Relação próxima entre redes de varejo e ONG

Essa será a primeira parceria da Seafood Watch com uma rede de varejo brasileira, mas a ONG já efetua este trabalho há cerca de 20 anos para diversas redes nos Estados Unidos.

De acordo com um responsável da rede Carrefour, o objetivo é que, gradualmente, a rede comece por perceber onde estão os problemas (a fase de ‘mapeamento’), para em seguida serem tomadas medidas concretas para resolvê-los. Os fornecedores da Carrefour que se cuidem, pois o objetivo é tornar todo seu fornecimento sustentável até 2025, e é possível que alguns contratos sofram fortes revisões se os critérios não forem cumpridos.

Consumo mundial a crescer… e problemas também

A Organização das Nações Unidas (ONU) prevê que o consumo de peixe possa aumentar em um terço até 2030, nas regiões da América Latina e Caribe. O crescimento da procura deverá ir em conjunto com o crescimento de vários problemas, como modos de pesca insustentáveis e a pesca fantasma, que consiste na morte de peixes e outros animais causada por apetrechos de pesca (como redes) deixados para trás.

A pesca por arrasto, o modo mais tradicional de pescar ‘industrialmente’, com uma grande rede que não faz distinção nos animais que pega, é dos meios menos sustentáveis.

Além disso, a própria poluição marinha tem tendência a aumentar, por vários motivos:

  • atividade econômica (restos de óleo e combustível deitados para o mar, etc.)
  • poluição de origem terrestre, sendo notório que a contaminação por plástico vem crescendo assustadoramente nos últimos anos; a Grande Porção de Lixo do Pacífico é o exemplo clássico.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *